Cozinha

Você provavelmente não sabia disso! Ligamos o forno todos os dias, mas quase ninguém usa corretamente, aprenda isso e o cozimento terá uma dimensão completamente diferente

60views

Usamos o forno quase todos os dias. Mas estamos fazendo certo?

A divisão principal do forno

Um forno padrão tem quatro, os tipos maiores têm cinco prateleiras para assar. Principalmente, aprendemos a usar a do meio, onde também temos as grelhas principais, nas quais colocamos assadeiras menores. Mas você sabia que cada uma dessas etapas se destina, na verdade, ao preparo de um tipo diferente de alimento? Graças à localização correta, você conseguirá uma melhor qualidade dos alimentos.

A) Barra transversal inferior – nesta etapa você deve fazer bolos macios e fofinhos e comer salgadinhos mais altos e que precisam ser bem assados.

B) Barra transversal abaixo do meio – brownies ou biscoitos, por exemplo, são assados ​​nesta grelha.

C) Barra central – é adequado para biscoitos, biscoitos e bolos normais.

D) Barra superior – é mais utilizado para grelhar. Não costuma ser utilizado em encostas, pois ali o calor é mais intenso.

Quais são as diferenças entre os fornos?

1. Clássico

É um tipo de forno mais antigo, que ainda está em uso. O calor irradiava apenas das fontes principais. Depende da sua configuração e localização, seja na parte superior, inferior ou nas laterais. Adapte-o a um tipo específico de alimento.

2. Ventilação térmica

O calor é distribuído uniformemente no forno porque é movido por uma hélice. Além disso, você pode assar ao mesmo tempo em várias bandejas, pois bolos ou outros pratos serão preparados de maneira uniforme. Porém, tome cuidado ao preparar algo de acordo com uma receita. Como o calor é assim distribuído no forno, deve-se pelo menos assar os bolos em temperatura baixa, conforme está escrito nas instruções. Recomenda-se baixar ainda mais a temperatura em até 20 graus.

3. Vapor

Uma das últimas inovações são os fornos a vapor. Têm uma função de vapor adicional, que irá apreciar especialmente na preparação de carnes. Graças a isso, fica cada vez mais saboroso. Esse forno se comporta da mesma forma que um forno de convecção. Junto com o cozimento, acione a função vapor, que já é dosada automaticamente de acordo com o programa. Outra vantagem é que nele você também pode preparar bolinhos, pães no vapor e ensopados.

Grelhar no forno

Não é um grelhado clássico como o de uma grelha ao ar livre. No forno, esta função é utilizada na última etapa da cozedura para criar uma bela cor na superfície. Na maioria das vezes é feito durante a refeição. O objetivo principal é que você coloque a assadeira o mais próximo possível da fonte de calor. Portanto, se você mudar o forno para este programa, deverá mover um para a prateleira mais alta. Além disso, em alta temperatura, formar-se-á uma crosta superior, que ficará bem dourada e também crocante.

Assar bolos no forno

É uma preparação tradicional de alimentos, que também é utilizada nos fornos tradicionais. Não utiliza ar quente nem vapor. É adequado para assar massa de tortas, bolos secos, mas também alguns tipos de carne e vegetais. Neste caso, deve-se ter o cuidado de guardar a folha na barra central.

Além disso, você garante que os alimentos atinjam uma temperatura uniforme e sejam assados ​​corretamente. Nunca coloque a bandeja diretamente no fundo, pois os bolos e outros alimentos assariam rapidamente por baixo e ainda não estariam prontos por cima.

Assar carne

A diferença entre assar bolos e carne está no uso da temperatura. Para os pratos principais, costuma-se subir até 200 graus ou mais. Além disso, você garantirá que a carne fique lindamente dourada na superfície e com uma crosta crocante, mas ao mesmo tempo manterá a suculência por dentro.

Se você estiver assando carne inteira e tiver um termômetro, coloque-o nele. Esta é a melhor forma de avaliar se já está bem cozinhado e pode retirá-lo. A colocação correta do forno também é importante. Nessas temperaturas mais altas, recomenda-se colocá-lo na terceira barra a partir de cima. Você também pode assar batatas e vegetais dessa forma. Se quiser obter uma melhor cor dos alimentos, nos últimos cinco minutos, coloque o forno na grelha mais alta e ligue o grelhador.

Cada forno assa de maneira diferente

Além de todas essas regras, é importante ressaltar que você também deve seguir o seu próprio forno. Você sabe muito bem que ao preparar algumas receitas é preciso corrigir a temperatura em relação ao que o autor afirmou. O principal motivo é que cada dispositivo cozinha de maneira um pouco diferente. Depende não só da marca, mas também do tipo específico. Portanto, como você está preparando algo pela primeira vez, tente estimar o tempo e a temperatura exatos, graças aos quais obterá o melhor resultado.

Os vapores, mas também os alimentos derramados do tabuleiro, podem por vezes sujar muito as grelhas do forno. Ao ligá-lo em alta temperatura, toda a sujeira chega ao fundo e o cheiro desagradável começa a se instalar. Como limpar bem o forno? Experimente estes truques simples e as grades ficarão como novas:

Leave a Response

Fernando Pessoa
Nos meus artigos, partilho dicas úteis sobre jardinagem e culinária em português. Conheça as minhas ideias únicas para melhorar o seu jardim e preparar pratos deliciosos.