Dicas úteis

Preparando o gato para a chegada do bebê. O que você deve saber?

39views

Você está esperando uma adição à família e está preocupado com a reação do seu gato ao novo membro? Não deixe nada ao acaso e comece a preparar o seu gato para esta grande mudança o mais rápido possível. Trazemos algumas dicas comprovadas que o ajudarão a administrar essa situação com facilidade e a manter a harmonia doméstica.

Como preparar um gato para a chegada de um recém-nascido

Esperar um bebê é um momento emocionante que traz consigo muitas mudanças. Se você tem um gato em casa, é importante prepará-lo para essas mudanças para que ele se sinta confortável e seguro. Os preparativos devem começar pelo menos quatro meses antes da chegada de um novo membro da família. Se o seu gato se habituar a novas situações com o tempo, toda a família será beneficiada e você terá mais tempo para se dedicar ao bebê.

5 dicas sobre como preparar um gato para um bebê

1. Evite brincar com as mãos

Evite bater no gato, onde suas mãos seriam um brinquedo. Mesmo que o seu gato esteja habituado a brincadeiras suaves, é aconselhável utilizar apenas brinquedos destinados a esse fim. Desta forma, você evitará possíveis lesões caso o gato ataque inesperadamente suas mãos.

2. Acostume o gato com os sons do bebê

Se você quiser facilitar a chegada de um novo membro da família para o seu gato, comece a reproduzir gravações de sons de bebês. Choros, murmúrios e outros sons devem ser tocados inicialmente em volume baixo e ir aumentando gradativamente até que o gato se acostume com os sons.

3. Acostume o gato com novos cheiros e objetos

Os gatos têm um olfato muito sensível. Prepare-os para novos produtos cosméticos e coisas para o bebê com alguns meses de antecedência. Você pode, por exemplo, aplicar uma pequena quantidade desses produtos na própria pele para que o gato se acostume com o novo cheiro.

4. Alimente o gato em locais elevados

Quando o bebê se torna uma criança pequena, o gato precisa de um lugar seguro para se empoleirar, onde não seja perturbado. Escolha um local elevado para ela, para que ela possa ver e se sentir segura.

5. Crie um lugar tranquilo para o gato

Com a chegada do bebê também haverá mais visitas, o que pode ser estressante para alguns gatos. O gato deve ser capaz de se retirar para um local calmo e tranquilo, onde não seja perturbado.

Primeiro contato com o bebê

O primeiro contato do gato com o bebê deve ocorrer em um ambiente silencioso, onde o gato normalmente não fica. Segure o bebê nos braços e deixe o gato cheirá-lo. Se ela se comportar com calma, recompense-a com seu lanche preferido. Se o gato quiser se afastar, não o impeça. É importante que ela se sinta segura e tenha a oportunidade de se adaptar no seu próprio ritmo.

Continue com a rotina diária normal e castigue o gato pelo comportamento calmo. Desta forma, o gato deverá aceitar o novo membro da família sem problemas.

Leave a Response

Fernando Pessoa
Nos meus artigos, partilho dicas úteis sobre jardinagem e culinária em português. Conheça as minhas ideias únicas para melhorar o seu jardim e preparar pratos deliciosos.