Cozinha

Marmelada caseira: Recolha a espuma para evitar que se estrague e utilize-a para outras coisas

112views

Fazer compotas e compotas em casa não é apenas divertido, mas também muito prático. Durante a preparação podemos controlar a qualidade dos ingredientes e ajustar os sabores ao nosso gosto. Independentemente de estarmos preparando marmelada de morango, damasco, groselha ou cereja, uma espuma espessa se formará na superfície durante o cozimento.

Esta espuma é doce e cheira a fruta que estamos a cozinhar. Nossas avós já sabiam que retirá-lo é a chave para a longa vida útil da marmelada. Porém, muitas pessoas não têm ideia de como é importante não pular esta etapa.

Fonte: Youtube

Ao remover a espuma, você prolongará a vida útil

A espuma que se forma quando a geléia é cozida contém proteínas desnaturadas. Estas proteínas são precipitadas durante o cozimento e criam um terreno fértil para microorganismos que causam a deterioração de marmeladas e compotas.

Se não retirarmos a espuma, as nossas criações caseiras podem estragar mais rapidamente. Além disso, a espuma contém bolhas de ar que podem causar mofo. Ao retirar a espuma, não só prolongamos a vida útil da marmelada, mas também melhoramos o seu aspecto estético, pois a marmelada resultante ficará mais límpida e limpa.

A espuma também pode perturbar a consistência e homogeneidade da marmelada, outra razão pela qual a sua remoção é tão importante.

A espuma coletada não contém nada de prejudicial e pode ser deliciosamente utilizada em diversos pratos. É doce e frutado, o que o torna ideal para uso posterior. Por exemplo, podemos espalhá-lo no pão fresco com manteiga, o que nos proporciona um café da manhã ou lanche rápido e delicioso.

A espuma confere à massa uma doçura e um delicado sabor frutado que complementa na perfeição a manteiga. Também pode ser adicionado a iogurtes, panquecas ou vários mingaus doces. Desta forma, enriquecemos o iogurte ou a papa com mais uma camada de sabor e aroma, que transforma um pequeno-almoço normal numa experiência gastronómica.

Outra opção é congelar a espuma e utilizá-la como refrescante polpa de fruta nos dias quentes de verão. A polpa da fruta em mousse é uma ótima alternativa às guloseimas congeladas compradas em lojas, pois não contém ingredientes artificiais.

Sorvete caseiro e coquetel de frutas podem ser feitos com a espuma

A espuma também pode ser usada para fazer sorvetes caseiros. Ao adicionar creme de leite ou chantilly e colocar no congelador, criamos um excelente gelado caseiro que irá surpreender pela sua suavidade e sabor frutado distinto.

Este sorvete é uma ótima maneira de aproveitar os restos de espuma e ao mesmo tempo saborear algo especial. A espuma também pode ser diluída em água para obter um suco de fruta refrescante. Ao adicionar leite, criamos um excelente cocktail de frutas que tanto crianças como adultos podem saborear. O coquetel de espuma de frutas é refrescante e cheio de vitaminas, o que o torna uma bebida ideal para os dias de verão.

A recolha da espuma no preparo da marmelada caseira justifica-se não só pela durabilidade, mas também pela estética e sabor do produto final. A espuma não coletada pode encurtar a vida útil da geléia e causar a formação de mofo.

Além disso, a espuma pode deixar bolhas e impurezas na marmelada, o que diminui sua qualidade. Porém, não precisamos de deitar fora a espuma – podemos utilizá-la em vários pratos saborosos, o que não é apenas uma solução ecológica, mas também saborosa.

Artigos relacionados

Fonte: www.youtube.com, www.toprecepty.cz

Leave a Response

Fernando Pessoa
Nos meus artigos, partilho dicas úteis sobre jardinagem e culinária em português. Conheça as minhas ideias únicas para melhorar o seu jardim e preparar pratos deliciosos.