Jardim

Faça exatamente isso e seus pepinos não ficarão ocos este ano

50views

Se quisermos obter a maior colheita com qualquer vegetal, devemos antes de mais nada respeitar as suas exigências de terra e os cuidados de que necessitam. Estes são baseados na história, ou seja, devem copiar tanto quanto possível as condições do local de ocorrência natural de determinada planta. Então, como estão os pepinos?

Fonte: Youtube

Vem das alturas

Certamente surpreenderá muitos que o pepino seja na verdade uma planta de montanha conhecida na Índia e na China antes da Europa. Eles eram abundantes nas encostas do Himalaia, a uma altura de até dois quilômetros acima do nível do mar, ou seja, mais altos do que no topo do Sněžka.

É claro que já naquela época eles conseguiam crescer nos vales, mas até hoje até seus descendentes “lembram” de uma certa demanda por irrigação adequada. Embora seja difícil imitar as chuvas das monções nas nossas condições, podemos ajudá-los com a rega adequada para garantir que cada planta produza um grande número de frutos de qualidade.

Sol e nutrientes

Para os pepinos, prepararemos um terreno bem abastecido e ensolarado, com solo profundo e permeável. Ao planejar o layout do jardim deste ano, não devemos esquecer que os pepinos devem aparecer no mesmo lugar após quatro anos, no mínimo.

Semeamos diretamente na parcela somente a partir de meados de maio, mas o pré-cultivo em estufas ou em casa é mais comum.

O curativo afeta tudo

Assim que a planta chega ao terreno começa a parte mais importante dos cuidados, dos quais não devemos privá-la. É uma questão de rega regular e correta, sem a qual dificilmente veríamos colheita. Com o nosso cuidado, podemos até conseguir o milagre de que, por mais que cortemos qualquer pepino, nunca encontraremos um espaço vazio.

E isso certamente será um sucesso que nos deixará felizes. Além disso, com uma rega adequada, evitamos um risco aumentado de doenças nas plantas.

Verifique a cama em profundidade

Então, como regar pepinos? Simplificando: na medida certa. As plantas são sensíveis à seca, mas por outro lado, não toleram solos encharcados por muito tempo. Se chover ocasionalmente, claro que é o ideal, mas nos outros dias é necessário verificar a umidade do canteiro de pepino e, se necessário, retornar com regador. A rega será necessária sempre que o solo estiver seco a uma profundidade de aproximadamente cinco centímetros.

Observe as próprias plantas

Os pepinos também podem solicitar água sozinhos, mas um jardineiro experiente nunca deve atingir tal estado. Isso significa que ele negligenciou seu dever de cultivador, o que pode ser reconhecido pelas folhas caídas, que na pior das hipóteses começam a amarelar nas bordas. Nesse caso, o jardineiro já arrisca toda a colheita futura.

Regue adequadamente e aproveite

A rega regular e correta – não tarde, mas também não com muita frequência – também será extremamente importante no momento em que os frutos começam a se desenvolver e crescer.

A rega irregular, o ressecamento do solo e a posterior rega desnecessariamente abundante podem causar cáries no interior dos pepinos, o que certamente não queremos, porque, entre outras coisas, reduzem a qualidade da iguaria conservada.

Em essência, não é nada complicado: basta verificar regularmente a terra do canteiro de pepino e regá-la adequadamente na hora certa. O sucesso certamente virá.

Artigos relacionados

Fontes: www.picturethisai.com, vseozahrade.eu, bonnieplants.com

Leave a Response

Fernando Pessoa
Nos meus artigos, partilho dicas úteis sobre jardinagem e culinária em português. Conheça as minhas ideias únicas para melhorar o seu jardim e preparar pratos deliciosos.