Dicas úteis

Este é o verdadeiro rei da mesa polaca. Mas algumas pessoas deveriam evitá-lo como uma praga

47views

Não se pode negar que a raiz-forte domina a mesa polaca, especialmente na época da Páscoa. Apenas uma pequena quantidade é suficiente para realçar o sabor da sopa azeda de centeio, ovos ou pratos de carne. Os polacos adoram esta iguaria festiva, mas infelizmente nem todos podem comê-la. Verifique se você está neste grupo.

Não pode faltar a cesta de Páscoa, que simboliza resistência e força física. Distingue-se não só pelo seu sabor intenso e picante, mas também pela sua rica composição nutricional. Contém vitaminas (C e B), minerais (iodo, fósforo, magnésio, manganês, cobre, potássio, cálcio) e ácido fólico. Supera as frutas cítricas em termos de teor de ácido ascórbico, apoiando assim o funcionamento do sistema imunológico e acalmando a inflamação.

A raiz-forte não pode faltar na mesa de Páscoa

A raiz-forte é rica em grandes quantidades de fibras, o que ajuda a regular o trabalho, melhora o peristaltismo intestinal, previne a prisão de ventre e proporciona sensação de saciedade. Conforme relatado por cientistas britânicos no British Medical Journal, o consumo de 10 g de fibra alimentar por dia reduz o risco de obesidade em 10%. risco .

Esta iguaria natalina contém compostos vegetais únicos, incluindo glucosinolatos, que se decompõem em isotiocianatos. Eles neutralizam os radicais livres e inibem o desenvolvimento de células cancerígenas. Seu tesouro mais valioso, porém, é a sinigrina, que possui propriedades aquecedoras e desinfetantes. É também um elemento extremamente importante na prevenção do câncer.

Como fazer uma boa raiz-forte caseira?

Quem não deve comer raiz-forte?

Embora a raiz-forte tenha tantas propriedades valiosas, nem todos podem comê-la. Pessoas com doença de refluxo devem evitá-lo. Seu cardápio deve ser composto principalmente por produtos de fácil digestão, suaves e que não irritem o aparelho digestivo. Esta valiosa raiz também não é recomendada para quem sofre com ela, pois seu consumo só pode intensificar sintomas desagradáveis ​​e incômodos.

A raiz-forte é proibida em caso de colite ulcerosa. Pessoas que têm úlceras duodenais e estomacais devem evitar esta iguaria como uma peste.

Leave a Response

Fernando Pessoa
Nos meus artigos, partilho dicas úteis sobre jardinagem e culinária em português. Conheça as minhas ideias únicas para melhorar o seu jardim e preparar pratos deliciosos.