Jardim

Como não adicionar superfosfato: 5 erros típicos dos veranistas – não os repita

83views

O superfosfato é um dos fertilizantes minerais mais comuns.

É difícil encontrar um veranista que nunca tenha aplicado esse produto no solo.

Apesar da enorme popularidade do fertilizante, muitos jardineiros não conhecem todas as regras para seu uso.

Muitas vezes são cometidos erros grosseiros, descritos por um especialista da publicação online BelNovosti, agrônomo e paisagista.

Relutância em usar equipamentos de proteção

Perder a colheita e estragar o solo não é o pior.

A consequência mais negativa pode ser o surgimento de problemas de saúde para o veranista.

O jardineiro que usa superfosfato em seu terreno deve usar equipamentos de proteção, caso contrário podem ocorrer consequências graves.

Não se esqueça de usar respirador, óculos especiais e luvas de borracha.

Cálculo de dosagem incorreto

As plantas podem ser prejudicadas tanto pelo excesso quanto pela falta de superfosfato.

Meio quilo de produto é suficiente para 100 m2 (ou aproximadamente 250 gramas se estivermos falando de superfosfato duplo).

Deve ser colocada no máximo meia colher de chá de fertilizante em cada cova.

Aplicação de superfície

Alguns jardineiros simplesmente espalham o produto no chão e acham que isso é suficiente.

Mas o efeito do uso do superfosfato só será se o produto estiver a uma profundidade de pelo menos 0,1 m.

Combinação com nitrogênio

O superfosfato não funciona bem com fertilizantes nitrogenados.

Quando combinada com nitrogênio, a fonte de fósforo simplesmente perde sua eficácia.

Aplicação em solo ácido

O superfosfato também se torna ineficaz se o pH do solo estiver significativamente abaixo de 7.

Anteriormente, os residentes de verão aprenderam como salvar pepinos do oídio.

Leave a Response

Fernando Pessoa
Nos meus artigos, partilho dicas úteis sobre jardinagem e culinária em português. Conheça as minhas ideias únicas para melhorar o seu jardim e preparar pratos deliciosos.