Jardim

7 plantas medicinais que você mesmo pode cultivar em casa

117views

A medicina tradicional ensina-nos a usar ervas e substâncias vegetais para prevenir doenças e apoiar um estilo de vida saudável. As plantas medicinais já são usadas há alguns anos e não é mais fácil quando crescem sob a janela de sua casa. E enquanto a medicina ocidental depende de produtos farmacêuticos, a medicina oriental promove medicamentos e ervas naturais. Você certamente reconhecerá qual direção é mais benéfica para o nosso organismo.

1. Cravo medicinal

A madressilva é uma flor bonita e resistente com flores laranja ou amarelas. As flores são repletas de antioxidantes, que podem combater diversos radicais indesejados no organismo e que podem até prevenir a formação de células cancerígenas. Além disso, estudos recentes mostraram que a luteína, um extrato de calêndula, pode prevenir tumores ou ajudar no seu tratamento. E com seus efeitos antiinflamatórios, pode proporcionar alívio para peles danificadas ou queimadas. Por último, mas não menos importante, é também um excelente repelente de insetos.

2. Manjericão

A erva frequentemente usada na culinária italiana traz maravilhosos benefícios à saúde do nosso corpo. É uma excelente fonte de beta-caroteno, que o nosso corpo converte em vitamina A. A vitamina apoia a saúde através do crescimento celular mais rápido e do melhor funcionamento do sistema imunitário. O extrato de manjericão ou óleo de manjericão também contém eugenol, que reduz o inchaço e traz alívio às dores nas pernas.

3. Incêndio em duas casas

Durante séculos, a erva tem sido usada no tratamento de artrite, alergias e diversas infecções, principalmente para inflamação do trato urinário. O vaga-lume é conhecido por seus tentáculos pungentes, que podem queimar a pele humana de maneira desagradável. Hoje percebemos esta erva mais como uma erva daninha, mas na verdade ela é muito saborosa, pode ser adicionada a muitos pratos e também é maravilhosamente medicinal.

4. Melada

A agradável erva cerosa é comumente usada contra a insônia porque tem grandes efeitos calmantes. Você não apenas desfrutará de um sono de qualidade, mas também aliviará sentimentos de ansiedade e melhorará a digestão. Externamente, pode ser usado para tratar aftas e herpes labial. Honeydew contém o componente antibacteriano eugenol, razão pela qual os dentistas costumam escolhê-lo como desinfetante natural. Você pode temperar sua salada com melada ou saborear um delicioso chá à noite.

5. Tomilho

A erva, originária da Europa e da Ásia, pode enfeitar o jardim como uma bela planta. Uma erva com efeitos antibacterianos pode ajudar no tratamento do sistema digestivo, aliviar dores de garganta ou reduzir a artrite. Estudos recentes também mostraram que o tomilho pode tratar problemas de pele, como acne, de forma muito mais eficaz e suave do que as preparações completas do Reno. O sabor distinto pode ser aproveitado tanto com carnes quanto com queijos, melhor para assar ou grelhar.

6. Sálvia

A erva, originária do Mediterrâneo, é típica pela sua cor. Como decocção, é frequentemente utilizado no tratamento de problemas digestivos, dores musculares ou problemas psicológicos. A Sálvia contém muitos componentes antibacterianos e antioxidantes, por isso é muito útil no apoio ao sistema imunológico. Também pode reduzir cólicas menstruais e ondas de calor em mulheres. E segundo especialistas médicos, o extrato desta erva pode ajudar no tratamento da doença de Alzheimer. A salva é uma erva que vai alegrar o seu jardim e melhorar o sabor de muitos pratos.

7. Rudbeckia (Equinácea)

A equinácea é provavelmente a erva mais utilizada na medicina ocidental. Os nativos americanos usaram-no durante séculos para tratar infecções de feridas. Echinacea é uma linda flor com flores rosa. Após a colheita, a melhor opção é utilizá-lo e depois servir como alimento para o tratamento de infecções urinárias, enxaquecas ou resfriados. O extrato de flor também pode acalmar lindamente a pele quando aplicado externamente e, portanto, é ideal, por exemplo, após uma picada de inseto.

Todas essas ervas são muito fáceis de cultivar e se adaptam principalmente a todos os tipos de solo encontrados em jardins. Mas se você não tem um jardim à sua disposição, não se preocupe. Assim como no jardim, estas ervas também podem ser cultivadas em vasos ou em varandas ou parapeitos de janelas.

Leave a Response

Fernando Pessoa
Nos meus artigos, partilho dicas úteis sobre jardinagem e culinária em português. Conheça as minhas ideias únicas para melhorar o seu jardim e preparar pratos deliciosos.