Cozinha

3 segredos para cozinhar pilaf usados ​​​​por chefs experientes: como preparar um prato quebradiço e saboroso

77views

Levantem a mão, quem sempre consegue cozinhar o pilaf perfeito? Podemos apostar que não existem muitas pessoas assim.

Muito mais frequentemente, o resultado dos esforços dos especialistas culinários difere do desejado. Assim, o principal problema no preparo do pilaf, como observa o chef da publicação da rede BelNovosti, é que os grãos de arroz grudam fortemente uns nos outros, fazendo com que o prato pareça mingau.

Vamos falar sobre alguns truques simples que o ajudarão a preparar pilaf quebradiço.

Arroz de molho

O arroz deve ser embebido em água quente com sal (temperatura acima de 50 graus). A duração do “procedimento” é de pelo menos duas horas, preferencialmente durante a noite. Isso ajuda a remover o amido que causa aglomeração.

Assar

Quando o arroz estiver no caldeirão, não se apresse em enchê-lo com água – em vez disso, misture o cereal com a carne e cozinhe por alguns minutos.

Acredita-se que desta forma seja possível obter um sabor mais rico.

Usando água quente

Um erro comum é derramar água fria sobre o arroz. É melhor usar água quente para esse fim.

Porém, não se esqueça que a proporção entre água e arroz pode variar dependendo do tipo de arroz.

Por exemplo, para arroz de grão longo, uma proporção adequada é 1:1,5-2; para arroz cozido no vapor – 1:2; grão redondo –1:1,2-1,5; basmati – 1:1,5; jasmim – 1:1,5-1,7; arroz integral (marrom) – 1:2,5-3.

Anteriormente, o especialista disse o que é preciso fazer para chegar à frigideira.

Leave a Response

Fernando Pessoa
Nos meus artigos, partilho dicas úteis sobre jardinagem e culinária em português. Conheça as minhas ideias únicas para melhorar o seu jardim e preparar pratos deliciosos.