Jardim

As dálias irão encantá-lo com sua beleza e floração exuberante: lembre-se das regras básicas para cuidar das flores

144views

As dálias são verdadeiramente as rainhas dos jardins que merecem a sua atenção e os devidos cuidados. Com passos fáceis, você garantirá que suas dálias não sejam apenas bonitas, mas também saudáveis ​​e fortes durante toda a temporada. Portanto, não se esqueça das regras simples de cuidado das flores, graças às quais você não se cansará de dálias!

Fonte: Youtube

Escolhendo o local certo

As dálias são amantes diretas de locais ensolarados com solos bem drenados e ricos em nutrientes. Portanto, evite locais onde o solo seja muito pesado e argiloso, pois as dálias não gostam de alagamentos. Mas se você tiver solo pesado em todo o seu jardim e quiser cultivar dálias, alivie-o adicionando areia ou turfa. Também vale a pena plantar essas flores em canteiros elevados, que melhoram o escoamento da água.

A necessidade de rega abundante

Durante a estação de crescimento, as dálias devem ser regadas regularmente até as raízes, especialmente nos períodos de seca. Regue-os idealmente de manhã ou à noite, quando o sol não está muito intenso. As dálias preferem solo úmido, mas não toleram irrigação excessiva, por isso é importante manter algum tipo de equilíbrio. A falta de água leva a flores menores e menos proeminentes, enquanto a rega excessiva pode causar o apodrecimento dos tubérculos.

Fornecimento de nutrientes por meio de fertilização

Outro passo importante é a fertilização regular. As dálias apreciarão a fertilização a cada 2 a 3 semanas, sendo os fertilizantes com alto teor de fósforo e potássio os melhores para promover a floração. Ao usar fertilizantes orgânicos, como composto ou esterco, deve-se ter cuidado para espalhá-los uniformemente e incorporá-los levemente ao solo. Fertilizantes com maior quantidade de nitrogênio são bons para usar desde o início, pois promovem o crescimento exuberante de folhas e caules.

Proteção contra pragas

As dálias podem ser suscetíveis ao ataque de diversas pragas e doenças como pulgões, lesmas ou fungos, por isso é aconselhável o uso de sprays preventivos para manter a planta forte e resistente. Também é importante monitorar cuidadosamente a planta e intervir rapidamente aos primeiros sinais de infecção. Ao remover regularmente as folhas infectadas e garantir uma boa circulação de ar ao redor das plantas, você evitará fungos.

Apoio contra a fuga

As dálias, especialmente as variedades mais altas, podem precisar de apoio para evitar que quebrem com o vento, chuva forte ou sob o peso das próprias flores. Você pode usar postes de jardim e postes de aço com barbante, estacas de madeira ou outros postes. Até as próprias dálias podem ser um apoio mútuo se você as plantar próximas umas das outras. Ao amarrar as plantas a um poste, tome cuidado para não danificar os caules.

Removendo flores gastas

Assim que as dálias florescerem, não se esqueça de retirar continuamente as flores murchas para que não enfraqueçam desnecessariamente a planta e esta possa dedicar a sua energia à criação de novas flores. Use uma tesoura afiada para minimizar os danos à planta. Se você não cortar as flores, elas começarão a formar sementes aos poucos.

Artigos relacionados

Fontes: loukykvet.cz, jahodarnabrozany.cz, abecedazharady.dama.cz

Leave a Response

Fernando Pessoa
Nos meus artigos, partilho dicas úteis sobre jardinagem e culinária em português. Conheça as minhas ideias únicas para melhorar o seu jardim e preparar pratos deliciosos.